Blog de Samuel Filho

MINHA PÁTRIA NÃO É SÉRIA ( IV )

Posted on: 23 de outubro de 2015


maxresdefault

É meia noite, o silêncio somente é interrompido pelo apito do vigia, que passa a madrugada andando de bicicleta para afugentar  quadrilhas de arrombadores de casas, numa cidade antigamente pacata. Hoje a ilha é uma das cidades mais violentas da região.

Todos os dias, prende-se bandos e mais bandos de assaltantes e  traficantes e apreende-se  com eles quilos e toneladas de drogas. Infelizmente, essas quadrilhas chamadas de novo cangaço  povoam a  República Tropical, uma herança maldita de 20 anos de ditadura militar.  Os militares só se preocupavam com a oposição socialista,  comunista e liberal.  E aí a criminalidade espalhou-se por  todo o país.

Nesse tempo,  a  corrupção, que sempre existiu entre nós , floresceu descontroladamente, porque o regime autoritário combatia  apenas  os inimigos políticos, a quem chamavam de subversivos e terroristas.

Agora,  explodem os escândalos de corrupção mais tenebrosos de  que se tem notícia em nossa história. No congresso nacional, ocorrem casos de deputados envolvidos em recebimentos de propinas e lavagem de dinheiro   desviados  por mafiosos ligados a empresas estatais, conforme estão investigando  o Poder Judiciário e o Ministério Público  Federal . O povo está indignado com esses corruptos, abutres a apátridas do dinheiro do contribuinte. Alguns deles já estão na cadeia, mas faltam muitos outros. O povo espera que todos os corruptos sejam punidos rigorosamente pela Operação Lava – Jato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Meu Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: