Blog de Samuel Filho

TIMON, ANTIGA FLORES (II)

Posted on: 22 de julho de 2016


001

 

Viajei para Timon às 23:00 hs. pela empresa Guanabara. Paguei duas passagens, no valor de R$ 105,00, incluindo o acompanhante. Como sou cadeirante perguntei no guichê se eu tinha direito à passagem gratuita, porque sou ao mesmo tempo idoso e deficiente físico, como manda a lei. Na verdade, esses direitos só existem no papel. Os empresários, salvo raras exceções, burlam criminosamente as leis. Para viajar, tive que pagar.

A viagem em si foi boa, tranquila e segura. Lamentavelmente, ao embarcar, num ônibus executivo, meu acompanhante teve que pedir socorro ao motorista para me levar até às cadeiras 1 e 2, onde costumam ir os idosos e deficientes. Chegamos em Timon às 05:30 da manhã.

Ainda não era hora de incomodar meu dileto amigo e companheiro de lutas contra a ditadura militar de 1964, Dr. Marcos Igreja, poeta e anarquista politico. Tomei banho e café com Joel na rodoviária de Timon, depois, formos recebidos com muita alegria por ele. Dai para frente, apesar de 24 hs. sentado em uma cadeira de rodas, deitei-me numa grande poltrona para relaxar a coluna vertebral. Como um bom anfitrião, Marcos serviu-nos suco de cajá, biscoito água e sal e bolos de trigo. Eufórico, tirava da estante lançamentos recentes de bons livros. Eu perguntava sobre nossos amigos comuns, residentes em Timon e Teresina. Falou-nos sobre saraus literários, realizando intercambio cultural entre Flores e a Cidade Verde. Paralelamente, recitava seus últimos versos livres e belos.

Por telefone, ligou para Geraldo Borges, que do outro lado da linha também ficou empolgado e nos visitou. A essa altura, já era tarde e consegui cochilar um pouco, quando Igreja e ele ouviam músicas que o anfitrião com gosto invejável, desde jovem, aprendeu com o grupo de Torquato Neto, falecido prematuramente, no Rio de Janeiro, compositor mor do tropicalismo, parceiro de Gilberto Gil e Caetano Veloso, poeta piauiense festejado, até hoje no Brasil e personagem de filmes recentemente.

O escritor Geraldo Borges, um notável contista e erudito em literatura clássica com sua calma e paciência, mostrou-nos seus últimos textos publicados e inéditos. De repente, entrou na casa de Marcos Igreja o seu filho Igor, de 27 anos, advogado de trabalhadores rurais e é uma promessa da nova politica de Timon. Ele foi quem nos levou para a rodoviária de volta a São Luís à noite do mesmo dia que chegamos. Regressamos e chagamos à ilha ludovicense às 5:00 da manhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Meu Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: